ARLS XXVII DE SETEMBRO, 773

 

 

ESTANDARTE

 

Vários foram os motivos que nos levaram a batizar a loja com o nome ARLS XXVII DE SETEMBRO, 773 no dia 27 de setembro de 2012, fechamos o grupo de fundadores da loja ou seja 7 Mestres necessários para se fundar uma loja, coincidência ou não: 27 é igual a 2+7=9 sendo setembro mês 9, sendo que neste dia havia presença de 9 irmãos. O Projeto levou 9 meses para se concretizar, recebemos nossa carta constitutiva provisória no dia 27 de junho 2013, a publicação no boletim oficial foi na página 9.

 

Todos os membros da loja deram sugestões para o Estandarte, o irmão Eric Mazoni foi criando vários modelos de acordo com as sugestões até chegarmos ao resultado final, além dos símbolos tradicionais da nossa ordem inserimos o Brasão Templário, Ave Fênix, Flôr de Lótus. A corda tem exatamente 81 nós o Ramo de Acácia tem 27 folhas, as cores são as mesmas usadas na bandeira do Brasil, este é o resultado final do trabalho conjunto de 9 elementos que compõe o nosso logotipo/Estandarte.

 

 

Escudo templário: faz referência à história maçônica, qual tem como antecessores os cavaleiros templários.

 

Corda de 81 nós:a corda de 81 nós simboliza a União e Fraternidade que deve existir entre todos os maçons da face da terra.

No estandarte a corda está dividida em três grupos de 27 fazendo referência ao nome da loja.

 

A Acácia: planta símbolo por excelência da Maçonaria; representa a segurança, a clareza, e também a inocência ou pureza. A Acácia foi tida na antiguidade, entre os hebreus, como árvore sagrada e daí sua conservação como símbolo maçônico. Os antigos costumavam simbolizar a virtude e outras qualidades da alma com diversas plantas. A Acácia é inicialmente um símbolo da verdadeira Iniciação para uma nova vida, a ressurreição para uma vida futura.

No estandarte cada ramo de acácia conta com 27 folhas, em referência ao nome da loja.

 

Flor de lótus: No oriente, a flor de lótus significa pureza espiritual. O lótus (padma), também conhecido como lótus-egípcio, lótus-sagrado ou lótus-da-índia, é uma planta aquática que floresce sobre a água.

A lótus azul, como utilizada no logo remete para o triunfo do espírito em relação aos sentidos, significa sabedoria e conhecimento. Esta flor nunca revela o seu interior, porque está quase sempre totalmente fechada. No logo, a flor de lótus possui sete pétalas, fazendo referência direta ao número da perfeição

 

Fenix: é um pássaro lendário da mitologia grega, que morria, mas depois renascia das próprias cinzas. A fênix, antes de morrer, entrava em combustão, para depois renascer.. Pela sua morte diferente, a fênix tornou-se um símbolo de força, da imortalidade e do renascimento. Em referência a imortalidade da alma e necessidade de renascimento no seio maçônico.

 

Colunas Dórica, Jônica e Coríntia: Na Maçonaria o termo coluna é utilizado para designar o conjunto de obreiros de uma Loja. Em sentido figurado, significa os recursos físicos, financeiros, morais e humanos que mantém uma instituição maçônica em pleno funcionamento.Em maçonaria a palavra coluna possui derivações variadas, sendo as principais:Coluna JÔNICA: Ela simboliza a coluna da sabedoria personificada pelo Venerável. Simboliza também o Oriente e os Mestres. Fica localizada no oriente sobre a prancheta do Venerável. A coluna Jônica representa os Mestres de uma loja.Coluna DÓRICA: Simboliza a coluna da força e se personifica no 1º Vigilante. É a coluna que representa os Irmãos Aprendizes. É localizada sobre a mesa do 1º vigilante.Coluna Coríntia: Simboliza a coluna da beleza. Personifica-se no 2º vigilante. É a coluna que representa os Irmãos Companheiros. Em loja fica localizada sobre a mesa do 2º vigilante.

 

Esquadro e compasso: O compasso é o símbolo do espírito, do pensamento nas diversas formas de raciocínio, e também do relativo (círculo) dependente do ponto inicial (absoluto). Os círculos traçados com o compasso representam as lojas.O Esquadro resulta da união da linha vertical com a linha horizontal, é o símbolo da retidão e também da ação do Homem sobre a matéria e da ação do Homem sobre si mesmo. Significa que devemos regular a nossa conduta e as nossas ações pela linha e pela régua maçónica, pelo temor a Deus, a quem temos de prestar contas das nossas ações, palavras e pensamentos. Emite a ideia inflexível da imparcialidade e precisão de carácter. Simboliza a moralidade.O esquadro e o compasso simbolizam também a materialidade do homem e sua espiritualidade.Quando juntos e na sua apresentação representam respectivamente e dependendo de como se arrumam as Lojas e os trabalhos e ritual de Aprendiz, Companheiro ou Mestre.

As cores do Estandarte: no estandarte encontram-se as cores azul, amarelo verde, branco e preto, em referência direta a Bandeira Nacional, símbolo respeitado e protegido pela maçonaria.

 

Sol e Lua Crescente: O Sol simboliza Mitras, Invictus, Horus, Rá ou Osíris, Hélio ou Apolo, a masculinidade, a Luz da Iniciação ou o símbolo do Oriente. Já a Lua quarto-crescente seria o feminino, o segredo a ser revelado, a busca pela verdade, a palavra perdida e prestes a ser encontrada, ou até mesmo a ressurreição. Isso sem contar nas interpretações absurdas, que não merecem citação.O fato que parece passar despercebido para muitos é que esse Sol e Lua são, na verdade, um único símbolo. A mais clara evidência disso é que, seja na parede do Oriente ou no Painel de Aprendiz, eles aparecem sempre juntos, em tamanhos iguais, na mesma altura e de lados opostos. Nunca se vê apenas um ou o outro, porque se trata de um símbolo só. Temos no símbolo do Sol e Lua um dos símbolos mais antigos da Maçonaria. Quando relacionados, o Sol é o emblema do meio-dia enquanto que a Lua é o emblema da meia-noite, ou seja, o início e o término dos trabalhos de todo maçom. a Lua crescente nasce ao meio-dia e se põe exatamente à meia-noite. Assim, quando o Sol está em seu zênite, ao meio-dia em ponto, é quando a Lua crescente nasce, a qual se põe à meia-noite em ponto. Destaca-se que o sol no estandarte também apresenta 27 raios de sol.

 

Pavimento mosaico: O pavimento mosaico com os seus quadrados brancos e pretos representa a variedade do solo terrestre. Ligados pelo mesmo cimento simbolizando a união de todos os maçons, apesar de diferenças de cor, de clima e opiniões políticas e religiosas, remetem ao maçom a humildade que lhe deve ser inerente, perante as mais variadas representações da fé do Criador, orientando-nos para o caminho da tolerância e desapego aos preconceitos quando nos deparamos com conceitos diversos de religiosidade, mas, que afronta as leis maçônicas, devem ser respeitadas e vistas como exteriorização do amor ao G.’.A.’.D.’.U.’., simbolizam seres animados e inanimados, é também a imagem do bem e do mal que se acha semeada na estrada da vida. No pavimento Mosaico constante do estandarte da loja, vislumbramos 27 quadrados pretos e 27 brancos, novamente, em referência à data de fundação e nome da loja.

 

As cores do Estandarte: no estandarte encontram-se as cores azul, amarelo verde, branco e preto, em referência direta a Bandeira Nacional, símbolo respeitado e protegido pela maçonaria.

 

ARLS XXVII DE SETEMBRO, 773

A.'.R.'.L.'.S.'. XXVII DE SETEMBRO, 773 - Rua Padre José Garzotti, 425 - Cidade Dutra - São Paulo - SP - REAA - Terça-Feira 20h